abril 05, 2018

Mundo Ressonante

“We are here to laugh at the odds and live our lives so well that Death will tremble to take us.”

by Charles Bukowski




Nem mais, nem menos!

A influência da sociedade é poderosa. As forças colectivas, compostas por comportamentos individuais e percepções de bilhões de pessoas, tentam constantemente guiarnos numa direcção.

Podemos ter preferencias e ideais proprios, mas a pressão da sociedade em que vivemos, pode dificultar, e muito, na distinção da nossa própria voz.

É muito fácil vermo-nos a fazer coisas que não queremos e a agir de forma pela qual não vai de encontro à nossa personalidade.Ir contra à corrente, não é fácil!

Como resultado, muitas vezes permitimos determinados comportamentos, para que possamos dar a essas forças sociais o que elas querem, na esperança de uma recompensa.

Esta é uma estratégia que poderá funcionar ocasionalmente e a curto prazo. Com o tempo, veremos o verdadeiro fracasso.

Não nos vamos moldar ao que a sociedade parece recompensar!
É inútil!

A principal razão pela qual muitos de nós deixa o ruído do mundo abafar a nossa própria voz, é pelo simples facto de, presumimos que há um desinsentivo para ir contra a corrente ou desafiar o status quo.

Sem dúvida que, se nos levantarmos com um propósito sem pisarmos os pés de alguém, isso vai demosntrar confiança e honestidade. E honestamente, é algo que pouco vemos diariamente. Todos nós temos histórias reais para contar sobre a forma como nos atropelamos uns aos outros.

The best way to stand out in a noisy world is to own who you are with grace.

Com o tempo, nós crescemos e reajustamo-nos. A relidade externa desempenha um papel no decorrer dessa transformação, que nem sempre é necessáriamente má. É uma evolução!

Devemos por isso, concentrar-nos em nós próprios e cultivar a nossa vida da forma mais estimulante e que nos faça sentido.

Luckily, if you do it right, you don’t have to compromise yourself to be seen.