janeiro 18, 2017

5 Formas de evitar crises de asma

Foi na Sexta - feira 13 que a maldita asma voltou a aparecer depois de mais de 15 anos sem ter nenhum sintoma.


Vamos
A asma é uma doença respiratória crónica mais comum nos países industrializados e também a patologia crónica mais frequente em crianças e adolescentes. 
A maior parte dos autores não considera a asma como uma simples doença, mas sim como uma síndrome, isto é um conjunto de sintomas de diferentes etiologias e com efeitos diversos. 

A asma é uma patologia definida pelas suas características clínicas, fisiológicas e patológicas. Os aspectos predominantes da história clínica são os episódios de dispneia (dificuldade respiratória, vulgarmente designada por "falta de ar") particularmente durante a noite, muitas vezes acompanhada de tosse. A pieira, (ruído respiratório semelhante a sibilo) audível na auscultação pulmonar é o aspecto físico mais frequente. 
O principal aspecto fisiológico da asma é a obstrução episódica e reversível das vias aéreas, caracterizada pela limitação do volume de ar expirado. A característica patológica dominante é a inflamação das vias aéreas inferiores por vezes associada a alterações estruturais das mesmas.

Para evitar as crises asmáticas é importante evitar o contacto com substâncias que causem alergias, como o pólen, os ácaros, os pelos dos animais ou locais fechados, com pouca ventilação de ar. 

Formas


Formas

Sem dúvida que o maior factor para o despoletar da minha asma foi o facto de eu ser fumadora. 
Agora começa a luta para deixar de fumar. 
Já lá vão 5 dias. 

Deixo-vos também um pequeno video de médico brasileiro que fala sobre dois conceitos que são: A asma e a bronquite.